O PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais é obrigatório para todos as empresas com funcionários regidos pela CLT, conforme legislações vigentes. Porém as implantações do PPRA vão muito além do simples cumprimento da norma regulamentadora 9, da portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE.

Conforme o item 9.1.5, “consideram-se riscos ambientais os agentes físicos, químicos e biológicos existentes nos ambientes de trabalho…”. É por meio do PPRA que definimos os riscos presentes no ambiente de trabalho, as medidas de controle, o nível de ação, o monitoramento, o registro de dados, as responsabilidades, a elaboração do cronograma de ação.

Mas qual a importância do PPRA?

Este programa ajuda a empresa na:

  • Identificação dos riscos, facilitando a neutralização;
  • Evitar perdas financeiras e humanas;
  • Suporte para outros documentos de segurança;
  • Suporte para exames médicos;
  • Suporte para entrega de EPI;
  • Prevenção de doenças e acidentes ocupacionais;
  • Aumento da produtividade.

Identificação dos riscos

Por meio da identificação dos riscos no PPRA fica mais simples agir para preveni-lo. Quando bem elaborado, podemos definir quais são as funções mais expostas a determinado risco, quais as melhores medidas de prevenção, acompanhar as medidas a serem tomadas, possibilitando uma macro visão sobre os agentes.

Evitar perdas financeiras e humanas

Eliminando ou neutralizando os riscos, estaremos evitando que ocorram doenças e acidentes do trabalho, que gera um custo elevado (como já publicado no site da Safety), assim evitando afastamentos, estabilidade funcional, processos trabalhistas e também evitando atuação de auditores fiscais do trabalho.

Suporte para outros documentos de segurança

O PPRA é o principal aliado na elaboração do PCMSO, porque este documento se baseia nos riscos encontrados na empresa que estão inseridos no PPRA para a definição do controle médico ocupacional que será elaborado para a empresa.

Além do PCMSO, existem outros documentos que tem ações ligados ao PPRA, como o LTCAT, PCA, PPP, PCMAT, PPR, laudo de insalubridade, entre muitos outros.

Claro, esses documentos não devem ser realizados baseados 100% no PPRA, deve haver uma visita técnica para a elaboração de cada documento.

Suporte para exames médicos

O ASO – Atestado de Saúde Ocupacional, quando o médico do trabalho não tem acesso aos riscos da empresa, o PPRA mostra quais os riscos pertinentes aquela função e ambiente de trabalho.

Suporte para entrega de EPI

Por meio deste documento, é possível determinar quais EPIs – Equipamento de Proteção Individual são necessários para cada atividade.

Aumento da Produtividade

Com um ambiente mais seguro, aumenta-se a produtividade, motivação, competitividade, credibilidade e qualidade nos produtos.

Sendo assim, podemos observar o quanto importante é a elaboração do PPRA para a empresa, e este programa deve fazer parte do planejamento estratégico de qualquer empresa que tenha interesse em desenvolver e evitar custos com auxilio da segurança do trabalho.


A Safety elabora o PPRA e todos os documentos pertinentes a segurança do trabalho para as empresa, para saber todos nossos serviços, clique aqui.

Para mais informações sobre o PPRA, clique aqui.

Para falar conosco entre em contato:

E-mail: [email protected]

Telefone: (11) 2485-5185